• VQV Brasil

Pensar juntos: Corpos periféricos e resistências possíveis em tempos autoritários.

Com: Clarianas e Bando Jaçanã. Mediação de Lígia Helena.

Quando: 26/09 de 16h às 18h

Transmissão: Youtube Sesc Santo André


Mini Bio

Clarianas

Clarianas é um grupo de cantadeiras urbanas que investiga a voz da mulher “ancestral” na música popular do Brasil. A voz, o fio condutor que revela um amplo universo sonoro, genuinamente brasileiro, que vai desde os Cânticos indígenas aos Aboios Sertanejos, passando pelas Brincantes do Côco, Ladainhas do Catolicismo Popular, Sambas de Roda, Maracatus, Xotes, Rezas e Tambores Africanos. Com dois álbuns gravados, Girandêra (2012) e Quebra Quebranto (2019).


Bando Jaçanã

Nós! Gente Jaçanã! O Bando Jaçanã iniciou no processo colaborativo no Projeto Espetáculo da Fábrica de Cultura Jaçanã. Em 2015 estreamos o espetáculo "Bando Jaçanã", que trata das prisões cotidianas que encontramos na condição de Jovem periférico e negro em sua maioria, nos vimos como um coletivo, então o nome da peça, virou o nome do Coletivo. Em 2016 realizamos intervenções na rua e criamos o "Sarau do Bando". Paralelamente nos aprofundamos sobre a opressão que sofrem as mulheres e nos empoderamos da luta feminista, assim surge "A Cidade e as Mulheres". No ano de 2017 realizamos o evento "Vacas vão reinar" e o espetáculo "Oniri Ubuntu" que grita a ancestralidade de um povo guerreiro, que fala sobre a colonização que é presente até hoje. Em 2018 fomos contemplados pelo Vai no projeto "Herdeiros de Palmares". Em 2019, o Bando ficou em temporada no CCSP e participou da primeira edição do Fórum de Culturas Negras, com o espetáculo “Oniri Ubuntu” na Galeria Olido.


Lígia Helena

Lígia Helena é uma das organizadoras do 3º Festival Vamos que Venimos Brasil. Coordenadora de Produção Pedagógica e orientadora do Núcleo de Iniciação Teatral da Escola Livre de Teatro de Santo André, escola pela qual se formou em atuação em 2008. Bacharel em Comunicação Social com habilitação em jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo (2004). Especialização em Gestão Cultural pelo Centro de Pesquisa e Formação do SESC/SP. Atriz pela Cia. Estrela D´Alva de Teatro, e idealizadora do projeto “Escola Itinerante de Teatro”, do mesmo grupo.

26 views0 comments

Recent Posts

See All